A Serpe Heráldica.

Joalheria é um dos vários hobbies pelo qual me interesso.

Há algum tempo entrei em contato com essa técnica para fazer peças para colares ou a peça inteira, como braceletes, gargantilhas e anéis ajustáveis.

O corte das peças é feito em uma placa de latão como essa:

Brass plate

Via India Biz Source.

Na galeria de Joalheria tem outros trabalhos meus, mas hoje vim compartilhar uma peça baseada do desenho da Wyvern (Serpe) Heráldica! 🙂 Sempre achei que esse bicho fosse um dragão… >.>

Tirinha

Via NikiStix Deviant.

A Heráldica envolve os estudos de design de brasões de armas e escudos. Era considerada uma profissão nobre de uma época em que a diferenciação dos participantes de torneios e guerreiros em batalhas era primordial, era realizada pelos diferentes elementos do desenho de seus brasões. Mais tarde também foi considerada uma forma de arte, feita a partir no estudo de símbolos e significados contidos em um brasão.

A Serpe era uma figura bastante comum nessa forma de representação. É uma Serpe o réptil alado que geralmente possui apenas duas patas. (Aí que se diferencia do dragão, que tem quatro. Mas já li o termo ‘Wyvern Dragon’ em alguns lugares também). Olha aí uma:

Seroe William Moris

Via William Moris Tile.

Fiz essa de presente! Uma curiosidade é que normalmente as serpes na heráldica seguram o desenho central do brasão (uma de cada lado), mas ela sozinha é bem bonita também.

Por Cibele B. S. Andrade.

O que acham?

Anúncios